17/06/2021 às 00h22min - Atualizada em 17/05/2020 às 00h21min

“Cachorros de Rua”: Um problema Social, cultural ou político?

Seguindo o tema do dia, de quem é a culpa? Da sociedade em geral? Da cultura dos Munícipes? Ou seria um problema da administração política?

Divulgação/Pixabay
Não sendo um problema simplesmente local, os cachorros de rua geram uma perturbação ao silêncio da sociedade, ainda mais quando resolvem se reunir e formarem um grupo. Mas a pior parte não é isso. Se eles formassem o grupinho deles e ficassem quietos, estaria de bom tamanho, o problema é que muitas vezes, tumultuam o trânsito, avançam em pedestres, ciclistas, motociclistas e até em carros, gerando assim, infortúnio e riscos.

Seguindo o tema do dia, de quem é a culpa? Da sociedade em geral? Da cultura dos Munícipes? Ou seria um problema da administração política?

Pesquisando sobre isso, descobri que esse problema é dos citados acima e também, do SUS. Sim, do SUS. Porquê? Porque esses animais soltos podem sim interferir na Saúde Pública. De que maneira? De todas as possíveis, imagináveis e até as inacreditáveis…

Há poco tempo atrás, um cachorro entrou em um beco bem estreito entre duas casas e, ficando preso e sem como voltar, morreu lá. Sem ter como removê-lo, a solução mais simples e eficaz foi jogar cal virgem em cima do cadáver. Que trabalheira que deu… E se uma mulher com um bebê, for atacada por um desses?

São incontáveis os acidentes e transtornos que podem causar. Mas como resolver um problema desse grau? Existe uma solução de resultado imediato? Existe sim uma solução, o resultado não é tão imediato, mas, aparecerá em curto prazo…

Na cidade de Ibatiba, um projeto está em desenvolvimento (trarei informações completas em outra oportunidade), porém, como é movido por voluntários, precisa da ajuda de toda a sociedade. E aí, está disposto a ajudar ou prefere ver os cachorros nas ruas?
Link
Earlhes Laurindo

Earlhes Laurindo

Earlhes Laurindo Nantes, escritor, poeta e Membro cofundador da antiga ASSEI (Associação de Escritores de Ibatiba) que mais tarde se tornou a AILA.

Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://ibatibaonline.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp