21/08/2020 às 13h10min - Atualizada em 21/08/2020 às 13h10min

Escola de Ibatiba trabalha competências socioemocionais com os professores

A iniciativa da ação partiu da diretora da escola, Gisane Cordeiro Raposo de Paula.

Divulgação/

Os profissionais da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Professora Maria Trindade de Oliveira, em Ibatiba, participaram de um evento virtual sobre o tema: “Saúde emocional dos professores”. A iniciativa da ação partiu da diretora da escola, Gisane Cordeiro Raposo de Paula.

Segundo a diretora, a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) explicita as competências socioemocionais, em conformidade com os quatro pilares da Educação, preconizados pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), que são: aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a ser e aprender a conviver.

“Diante disso me perguntei: O que estou fazendo para desenvolver as competências socioemocionais dos professores? Como posso auxiliar o professor de modo que ele também se sinta seguro para trabalhar as competências socioemocionais? Então, decidi realizar este ano essas atividades que trabalham as variadas inteligências e competências socioemocionais. A primeira foi uma terapia de grupo com a psicóloga Duany Freitas, em março, e logo após veio a situação de pandemia”, explicou a diretora.

Para o encontro virtual, foram convidadas duas profissionais: Cassiane Marvila, multiplicadora do Programa Ela Pode, para falar sobre autoestima; e a pedagoga Andressa Bonatto, que é formada também em Psicopedagogia e Parapsicologia Clínica, que falou sobre a competência do "autoconhecimento" e ensinou técnicas de meditação e repetição para desenvolver a inteligência intrapessoal e a inteligência existencial, para lidar mais facilmente com os desafios.

O professor Nilton Rocha Oliveira relatou suas experiências: “Se eu disser que não estou encontrando dificuldades, não estaria dizendo a verdade. Dificuldades com o Classroom, com as planilhas, mas tenho tido todo o apoio das professoras coordenadoras de área, são todas sempre prestativas. A interdisciplinaridade funciona bem, a equipe é maravilhosa, fizemos um projeto bem bacana. Posso afirmar que estou progredindo. Estamos caminhando, fazendo o caminho, construindo um período importante na história”, afirmou. Sedu.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://ibatibaonline.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp