07/08/2018 às 01h35min - Atualizada em 07/08/2018 às 01h35min

Governo do Estado entrega Rede Cuidar em Guaçuí

Guaçuí (ES) - A população capixaba passa a contar com mais uma unidade da Rede Cuidar, o novo modelo de atendimento integral à saúde que visa melhorar a qualidade de vida das pessoas, formando uma rede que está reorganizando o atendimento no sistema de saúde pública do Espírito Santo, desde a porta de entrada na unidade de saúde do município, passando pelas consultas e exames especializados, até a rede hospitalar.

A unidade de Guaçuí, na região Sul, foi inaugurada na manhã desta sexta-feira (03), e começou a funcionar ontem, segunda (06). É a terceira unidade da Rede Cuidar entregue pelo Governo do Estado, em parceria com os municípios. A primeira, em Nova Venécia, na Região Norte, está em funcionamento desde setembro de 2017, e a segunda, que entrou em funcionamento em abril deste ano, fica em Santa Teresa.

Durante a solenidade de entrega da unidade, o secretário de Estado da Saúde, Ricardo de Oliveira, ressaltou que a Rede Cuidar visa ampliar o acesso da população da região Sul aos serviços de saúde pública. “A população terá consultas e exames mais perto de casa. Isso vai reduzir o número de viagens dos usuários do SUS (Sistema Único de Saúde) para ter acesso aos serviços”, disse o secretário.

Também estavam presentes à solenidade autoridades políticas dos municípios que serão atendidos pela Rede Cuidar em Guaçuí e representantes do Conselho Estadual de Saúde (CES).

A unidade da Rede Cuidar na região Sul irá atender aproximadamente 230 mil usuários de 14 municípios da região (Guaçuí, Irupi, Iúna, Muniz Freire, Ibitirama, Divino de São Lourenço, Dores do Rio Preto, Alegre, Jerônimo Monteiro, Bom Jesus do Norte, Apiacá, Mimoso do Sul, São José do Calçado e Muqui).

Para ser atendido na Rede Cuidar, o paciente deve ir até a Unidade de Saúde do seu município. Após avaliação, de acordo com a sua necessidade, será encaminhado para a Rede Cuidar.

Entre os benefícios para a população com a entrega desta unidade estão o atendimento mais próximo, evitando o deslocamento para a Grande Vitória; o aumento da oferta de consultas e exames; a redução do tempo de espera para consultas e exames; o atendimento personalizado e humanizado; a integração das equipes da atenção primária às equipes da atenção especializada, garantindo um atendimento multiprofissional capaz de resolver até 95% dos problemas de saúde da população em sua própria região.

Na unidade Cuidar, os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) poderão realizar consultas e a maioria dos exames no mesmo local, com uma equipe multiprofissional, e sairão do atendimento com um plano de cuidados que incluem orientações de nutrição, atividades físicas e uso de medicamentos, dentre outros, que será elaborado por um conjunto de especialistas (médico, enfermeiro, nutricionista, educador físico, assistente social, e outros) em função do caso de saúde de cada paciente. O acompanhamento da realização desse plano de cuidados será feito pelas equipes das unidades básicas de saúde do município onde o paciente reside. Os serviços dos municípios e a unidade Cuidar irão interagir o tempo todo.

O secretário destacou, ainda, quantos procedimentos serão ofertados por ano, e frisou que esta não será a única melhoria. “Vamos mudar o modelo de atendimento. Serão ofertados 83.170 procedimentos por ano. Aqui, a população terá um tipo de tratamento que não existe nem no setor privado. Essa unidade está preparada para resolver o problema do usuário rapidamente.”

Ele disse também que para o bom funcionamento da unidade é fundamental o trabalho em conjunto com a atenção básica.

“Para que esse modelo funcione é preciso que a atenção primária também mude a sua forma de trabalhar e esteja articulada com essa unidade de cuidado integral. Com esse modelo pretendemos resolver 95% dos problemas de saúde da população aqui na própria região. Tudo isso só foi possível porque o Estado, por meio da Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) e os municípios trabalharam em parceria.”

Linhas de cuidado

A Rede Cuidar em Guaçuí irá oferecer atendimento nas linhas de cuidado Saúde da Mulher incluindo gestação de alto risco, propedêutica de câncer de mama e câncer de colo de útero; Saúde da Criança de Risco; Diabetes e Hipertensão de alto e muito alto risco.

Serão ofertados 83.170 procedimentos por ano. Deste total, serão oferecidas 14.701 consultas por ano nas especialidades de obstetrícia, pediatria, mastologia, ginecologia, cardiologia, angiologia, nefrologia e endocrinologia.

Também serão realizados no local os exames de ultrassonografias, mamografias, ECG, biópsias, colposcopias, eletrocauterizações, teste ergométrico, ecocardiograma, ECG, MAPA, HOLTER, fundoscopia, retinografia, laserterapia, doppler manual, totalizado 13.437 exames por ano.

A unidade também contará com atendimento multidisciplinar, com psicólogo, assistente social, nutricionista, enfermagem, farmacêutico, fisioterapeuta e técnico de enfermagem.

Para ser atendido na Rede Cuidar, o paciente deve ir até a Unidade de Saúde do seu município. Após avaliação, de acordo com a sua necessidade, será encaminhado para a Rede Cuidar.

Profissionais

Para atuar no local foram contratados 16 profissionais entre assistente social, enfermeiros, farmacêutico clínico, fisioterapeuta, nutricionista, psicólogo, técnico de enfermagem, enfermeiro pé diabético, funcionários de apoio administrativo, faturamento, recepção, almoxarife, porteiro e auxiliar de higienização. 

A unidade também irá contar com uma equipe médica formada por pediatras, ginecologistas, obstetras, mastologistas, cardiologistas, endocrinologistas, angiologistas e oftalmologistas.

Rede Cuidar

Todas as regiões do Estado terão uma unidade da Rede Cuidar. Além de Nova Venécia, Santa Teresa e Guaçuí, o município de Linhares também contará com uma unidade da Rede Cuidar, até o final deste ano.  Para a implantação de cada unidade foram investidos aproximadamente R$ 5,3 milhões em obras e equipamentos, com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES).

Com a implantação das unidades, a estimativa é que 1 milhão de pessoas deixem de ser direcionadas para atendimento na Grande Vitória.

A gerência da unidade de cuidado integral à Saúde, a Rede Cuidar em Guaçuí, será feita pelo Consórcio Público da Região Polo Sul do Espírito Santo (CIM Polo Sul).

Consultas e exames oferecidos na Rede Cuidar em Guaçuí

 

Linha de cuidado da saúde da mulher e da criança:

- 6.061 consultas (obstétricas, pediátricas, mastológicas, e ginecológicas)

- 5.061 exames e procedimentos (ultrassonografias, mamografias, ECG, biópsias, colposcopias, eletrocauterizações) 

- 27.792 atendimentos de equipe multidisciplinar (psicólogo, assistente social, nutricionista, enfermagem, farmacêutico, fisioterapeuta, técnico de enfermagem)

Linha de cuidado de hipertenso e diabético:

- 8.640 consultas (cardiologia, angiologia, nefrologia, endocrinologia)

- 8.376 exames (teste ergométrico, ecocardiograma, ECG, MAPA, HOLTER, fundoscopia, retinografia, laserterapia, doppler manual)

- 27.240 atendimentos de equipe multidisciplinar (assistente social, nutricionista, enfermagem, farmacêutico, psicólogo, fisioterapeuta, técnico de enfermagem)

Secretaria de Estado da Saúde (Sesa)


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://ibatibaonline.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp