19/09/2018 às 01h24min - Atualizada em 19/09/2018 às 01h24min

Novas tecnologias na construção da Escola Estadual Aristóbulo Barbosa Leão

Uma nova e moderna Escola Estadual Aristóbulo Barbosa Leão, em Laranjeiras, Serra. Nesta terça-feira (18), um convênio foi firmado entre o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Educação do Estado (Sedu), e a ArcelorMittal Tubarão, que custeará os projetos de arquitetura e engenharia da unidade escolar, num investimento de R$ 378 mil.

Com a utilização de paredes pré-produzidas e materiais como madeira, aço e vidro, os projetos propõem o uso de altas tecnologias para uma construção rápida da unidade escolar.

O governador Paulo Hartung e o secretário de Estado da Educação, Haroldo Rocha, se reuniram, nesta tarde, com o presidente da ArcelorMittal Tubarão,Benjamim Baptista Filho, para firmarem o convênio.

Na oportunidade, o governador Paulo Hartung destacou que o investimento será importante para rede pública de ensino e ressaltou que as intervenções para construção da nova escola já estão em andamento. “O projeto arquitetônico está muito bonito e será um alento para todos. À medida que forem sendo liberadas às autorizações burocráticas, vamos realizando as obra”, explicou.

As obras da Escola Estadual Aristóbulo Barbosa Leão foram iniciadas com a demolição de parte da atual edificação. Com a entrega dos projetos, bem como planilha de quantitativos e preços, previstos para dezembro deste ano, será dado início ao processo de licitação para construção de novos módulos e adaptação da construção existente ao novo modelo de escola.

A proposta é de que, após a conclusão dos trabalhos, a instituição passe a concentrar as atividades pedagógicas e administrativas num bloco principal, com três pavimentos mais um subsolo, formando um pátio de convívio coberto. As atividades de apoio estarão amparadas nos blocos já existentes, que serão aproveitados: cozinha e áreas de apoio, refeitório coberto, área serviços, vestiário, auditório e quadra poliesportiva coberta. A escola ofertará 24 salas de aulas, laboratórios (Química e Biologia, Física e Matemática, e Informática), salas mais amplas para desenvolvimento de atividades como dança, música e artes, incluindo uma galeria de exposição, duas salas multiusos, ampla biblioteca e duas salas de recurso.

A área total construída será de 5.459,48m² e contará, ainda, com uma quadra poliesportiva coberta com 1.500 m², duas miniquadras e pátio coberto para atividades complementares. A biblioteca oferecerá cabines individuais e em grupo para estudos e no andar superior. Há, ainda, previsão de um espaço descoberto, tipo terraço suspenso, para atividades ao ar livre e com vista para o bairro.

“Pensamos em uma escola moderna, com uso de tecnologias sustentáveis, que vão garantir espaços bem planejados, além de contar com sistema de aproveitamento da água da chuva, de eficiência energética - com placas fotovoltaicas, telhado verde e alvenaria sustentável”, explicou o arquiteto responsável pelos projetos, Heliomar Venâncio.

Para o secretário de Estado da Educação, Haroldo Rocha, a parceria com a ArcelorMittal Tubarão proporcionará uma construção com alta tecnologia. “O projeto está em fase de finalização e logo em seguida abriremos a licitação para a contratação da empresa. Serão utilizadas as mais modernas tecnologias de construção para que a escola fique pronta com rapidez. Essa com certeza será uma das mais belas escolas estaduais da Serra”, destacou.

O gerente Geral de Sustentabilidade e Relações Institucionais da ArcelorMittal Tubarão, João Bosco Reis da Silva, afirma que contribuir com este projeto reforça o comprometimento da empresa com o desenvolvimento do Estado, sobretudo na área de Educação.

Assessoria de Comunicação / SEDU


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://ibatibaonline.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp