21/08/2021 às 19h41min - Atualizada em 21/08/2021 às 20h49min

Espírito Santo bate recorde com cerca de 150 mil doses aplicadas em 36h

Foram aplicadas 149.242 doses da vacina contra a Covid-19 entre D1, D2 e dose única; número será ainda maior com o prolongamento do Dia D de mobilização.

Agência ES
Divulgação/Sesa

O Dia D de mobilização contra a Covid-19 ficará marcado na história do Espírito Santo. Em um esforço conjunto dos trabalhadores do Sistema Único de Saúde (SUS) capixaba, foram aplicadas 149.242 doses da vacina contra o novo Coronavírus (Covid-19) nas últimas 36 horas, entre D1, D2 e dose única. O número será maior, uma vez que há municípios, a exemplo de Vila Velha, que seguirá vacinando até às 22h deste sábado (21), além do cadastro de doses ainda a serem lançadas.

Até o momento, o Dia D de mobilização contra a Covid-19 – que foi antecipado em alguns municípios para esta sexta-feira (20) – contabilizou 121.514 primeiras doses aplicadas (D1), 27.622 doses de reforço (D2) e 106 aplicações de vacinas de dose única. Os dados foram divulgados pela Secretaria da Saúde (Sesa), com base nas informações cadastradas no sistema estadual da Plataforma Vacina e Confia e na Rede Nacional de Dados em Saúde (RNDS), do Ministério da Saúde.

Somente neste sábado (21), até às 18h30, foram aplicadas 112.831 doses, sendo 102.978 de D1 - um recorde também em primeiras doses aplicadas no Estado. Somam-se a este valor 9.773 D2 e 80 de dose única.

O ótimo desempenho na vacinação dos capixabas foi comemorado pelo governador Renato Casagrande, que visitou pontos de vacinação na manhã deste sábado. “Das 213 mil doses enviadas para o mutirão 149.242 doses de vacina foram aplicadas nas últimas 36h. Agradeço a cada profissional que atuou neste Dia D. Juntos, estamos salvando vidas. Você que ainda não se vacinou, faça seu agendamento. Só assim venceremos a pandemia”, comentou o governador na postagem em rede social.

Para o secretário de Estado da Saúde, Nésio  Fernandes, o dia 21 de agosto de 2021 ficará marcado na memória dos capixabas. “Foi um dia para ficar na história do SUS no Espírito Santo. Nunca antes alcançamos esse desempenho em 24 horas na vacinação de adultos. Um dia para ser guardado na memória do enfrentamento capixaba de combate à Covid-19. Imagine o que não poderíamos ter salvo de vidas, da economia, nas relações sociais, se tivéssemos tido muitas vacinas no primeiro trimestre deste ano? Poderíamos ter vacinado todo o Estado em poucas semanas”, declarou.

Nésio Fernandes também destacou a experiência positiva que fica. “Estamos vivendo uma grande mobilização de gestores, trabalhadores da saúde e da sociedade pelas vacinas e contra a Covid-19. Mais uma vez o Espírito Santo sob a liderança do Governador Renato Casagrande dando o exemplo”, pontuou o secretário.

O Dia D de mobilização marcou o início da vacinação dos jovens acima dos 18 anos de forma homogênea de norte a sul do Estado, com o envio de mais de 200 mil doses aos 78 municípios.

A juventude capixaba atendeu o recado: vacina no braço!

Muitas foram as estratégias para convocar a juventude capixaba a marcar presença e fazer história neste sábado nos pontos de vacinação espalhados por todo o Espírito Santo. E deram certo. Os jovens com mais de 18 anos fizeram bonito, deixaram o medo da agulha de lado para receber a primeira dose de esperança no combate à Covid-19.

O Centro Regional de Especialidades (CRE) Metropolitano, em Cariacica, foi o local agendado para o dia da primeira dose pelo jovem Renan Rodrigues, de 18 anos. Consciente da importância deste dia para si próprio e para a sua família, o sentimento de esperança tomou conta. “Quando eu soube que poderia me vacinar, fiquei muito feliz e logo coloquei o sorriso no rosto. Acredito que quanto mais as pessoas se vacinarem, mais rápido essa doença vai acabar”, disse.

Para Iveny Ferreira, de 21 anos, a ansiedade era visível: a primeira dose chegou. “É uma oportunidade excelente para todos nós, que gera um alívio enorme. Esperei demais por esse momento, e graças a Deus chegou e estou muito feliz por tudo isso”, afirmou, agradecida.

O Dia D foi marcado, além da emoção da vacinação dos jovens, também pelo esforço e o comprometimento dos trabalhadores da saúde, que desde janeiro, seguem imunizando e protegendo a população.

“É muito gratificante estar aplicando essas doses e perceber que a vacinação está contribuindo na guerra contra a Covid-19. Acredito que a prevenção seja um ponto inicial para combater a doença. Estou muito feliz em fazer parte dessa história! Contarei isso para os meus filhos e meus netos. É gratificante ver a vida voltando aos poucos ao normal. Destaco ainda todo trabalho dos profissionais de saúde nessa guerra”, ressaltou o vacinador e enfermeiro, Dionathan Ranger.

Novas doses chegam ao Estado neste final de semana

Está previsto ainda para este final de semana a chegada ao Estado de novas doses de vacinas contra a Covid-19. O anúncio foi feito na manhã deste sábado pelo governador Renato Casagrande. O Ministério da Saúde fará o envio de 30.100 doses da Coronavac e 35.100 da Pfizer, com previsão de chegada para este domingo (22). O Ministério também sinalizou o envio de 76.500 doses da AstraZeneca, que chegarão na segunda-feira (23).

Ao chegar ao Estado, as vacinas serão encaminhadas à Central Estadual de Rede de Frio, para distribuição aos municípios e regionais de saúde a partir de segunda-feira (23) e terça-feira (24). As doses serão destinadas à aplicação de D1 e D2.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://ibatibaonline.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp