14/10/2018 às 13h46min - Atualizada em 14/10/2018 às 13h46min

Câmara avalia orçamento de R$ 61 milhões para Ibatiba

“Não podemos aceitar que não tenha um orçamento maior destinado para a secretaria de Saúde de Ibatiba”, avaliou o vereador Ivanito Barbosa.

Divulgação/PMI

Os parlamentares de Ibatiba avaliaram o projeto de Lei que fixa despesas e receitas em R$ 61 milhões para o município em 2019, distribuídos em diversas secretarias. Na pasta da saúde, os vereadores questionaram o valor de R$ 16 milhões, que consideraram baixo para a demanda de serviços e materiais ofertados à população.

“Não podemos aceitar que não tenha um orçamento maior destinado para a secretaria de Saúde de Ibatiba”, avaliou o vereador Ivanito Barbosa.

Saúde em pauta

Durante as sessões ordinárias, os parlamentares mantêm discussões sobre a falta de serviços de saúde.

“Continua faltando ambulância e médico no pronto-atendimento. O município não consegue fazer um acordo com o hospital de Ibatiba para que eles possam assumir o atendimento quando não tiver plantonista no P.A?”, sugeriu o vereador Fábio Ambrozio.

A falta de ambulâncias disponíveis para prestar socorro aos pacientes ainda são pautas frequentes dos discursos dos parlamentares.

“O problema da ambulância voltou: tem gente sendo socorrida por picape, pagando taxi... precisamos abrir uma CPI para saber para onde vai o dinheiro da Secretaria de Saúde”, comentou o vereador Ivanito Barbosa.

“É preciso consertar as ambulâncias de Ibatiba, com urgência. Neste mês tivemos que cercar um carro no asfalto porque não tinha ambulância para transportar um paciente”, explicou o vereador José Paulo Costa.

Os questionamentos continuam. “Vamos investigar a saúde do município. Quero saber quantas ambulâncias estão funcionando e quantas estão paradas”, solicitou o vereador Roberto Luis Chaves.

Agricultura e Obras

Os parlamentares também questionaram sobre os valores orçados para pastas importantes para o desenvolvimento do município, como a Secretaria de Agricultura e de Obras, que apresentem orçamento mais baixo do que o Gabinete do Prefeito.

“É um absurdo o gabinete do prefeito ter orçamento maior do que o da Secretaria de Obras e de Agricultura”, pontuou o vereador Fábio Ambrózio.

Câmara Ibatiba
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://ibatibaonline.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp