05/02/2019 às 22h59min - Atualizada em 05/02/2019 às 22h59min

Fórum de Mulheres Negras do Estado se reúne com a vice-governadora

O Fórum de Mulheres Negras do Espírito Santo realizou uma reunião, nesta segunda-feira (4), com a vice-governadora, Jaqueline Moraes para apresentar as propostas para realização de seu encontro estadual. O objetivo do evento é elaborar estratégias que viabilizem a participação de mais mulheres no Encontro Nacional. 

Durante a audiência, as mulheres apresentaram alguns pontos a serem avaliados como temas, entre eles: violência contra a mulher negra na periferia; falta de assistência; importância da valorização e representatividade da mulher negra; perdas de políticas públicas e a importância da efetivação de políticas públicas para as mulheres negras.  Segundo dados apresentados pelos representantes do Fórum, “as mulheres negras são, entre os grupos mais vulneráveis socialmente, os principais alvos da violência e da discriminação. De acordo com as estatísticas nacionais, entre as vítimas femininas da violência doméstica, por exemplo, 70% são negras. São elas também que recebem os menores salários, ocupam apenas 3% dos cargos de gestão e estão basicamente excluídas do sistema financeiro. Estão na base da pirâmide, desvalorizadas, apesar de moverem o País com sua força de trabalho”.

Para a presidente da Associação de Moradores de Itaoca Praia de Itapemirim (AMIPI-ES), Luciana de Souza, a realização do evento pretende discutir temas gerais que pautam o dia a dia da mulher negra. Será importante “por ser um espaço legítimo, suprapartidário, de encontros de ideias, análises e reflexões sobre a atual condição das mulheres negras no Espírito Santo”.

Participaram da reunião: Adriana Gonçalves, do Conselho da Mulher de Colatina; Vilmara Claudino, do Movimento Bertha Lutz; Fernanda Pereira, da Associação Mão na Massa; Claudia Alburquerque, da AMIPI- ES; Michelini Ramos, da Unegro; Caciane Marvila, do coletivo Negros e Negras Empoderadas; Heloisa Carvalho, do Fórum Nacional de Mulheres; Luciana Souza, do coletivo Negras de Empoderamento Sul e Adriana da Silva, UNEGRO /FNMN.

Ao final, o grupo solicitou a criação de uma gerência voltada para Mulheres Negras, além de apoio à realização do Encontro. Um documento, assinado pelas associações representantes das comunidades de Itaoca, Itaipava e Joacima foi entregue à vice-governadora, Jaqueline Moraes, reconhecendo “seus esforços e de toda a equipe do Governo Renato Casagrande em atender ao pedido de reforço de policiamento em Itaipava/Itapemirim e com isto, suprir a demanda de segurança na região”.

Jaqueline Moraes agradeceu à visita, em nome do Governo do Estado, e prometeu empenhar-se para a execução do encontro estadual. “É importante debater as demandas dos movimentos, já que podemos dar voz e qualificar essas mulheres. Muitas delas vivem nas periferias, nas favelas, em situação de violência ou encarceradas”, disse a vice-governadora.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://ibatibaonline.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp